Durante muito tempo eu me senti cobrada para ser perfeita. Eu queria ser a melhor em tudo o que eu fizesse e quando não era, me sentia um lixo. Eu achava que tinha que ser a mais inteligente, a mais engraçada, a mais bonita, a mais magra. Eu desenvolvi anorexia porque queria o “corpo perfeito”, estresse porque a minha vida não era perfeita como a das meninas que eu seguia no instagram. Eu achava que o mundo se resumia ao que eu via na internet e sempre sentia como se a vida fosse uma festa e eu não tivesse recebido o convite.

Acontece que o que a gente vê na mídia não é real. Grandes veículos nos impõe uma realidade que simplesmente não existe. Você liga a novela e a garota padrão é a protagonista enquanto a negra gorda é a empregada que quase não tem falas. Você acorda às oito da manhã e a Pugliesi já correu 20km enquanto a Niina já foi e voltou do Rio e lançou uma nova marca de maquiagem. Mais da metade dos posts que você vê contém conteúdo publicitário. “Comecei a consumir as barrinhas de cereal Super Top e emagreci 5kg em uma semana sem fazer dieta”. “O novo shampoo da Pantene deixa meu cabelo leve e hidratado”.

Parece que a vida delas é tão fácil. Sem nenhum esforço elas perdem peso, com qualquer produto seus cabelos ficam lindos, acordam às 5am com disposição para correr na rua e na volta comem meio mamão com chia. Estão sempre atualizando o stories com lindos sorrisos falando sobre a última coisa maravilhosa que aconteceu, o último jabá que chegou, o evento que rolou, a viagem dos sonhos. Naquele dia que você já não está muito bem, ver tudo isso pode te deixar ainda mais deprê.

Mas você precisa lembrar que a digital influencer trabalha com isso. A sua vida, a sua imagem é um trabalho e ela só mostra aquilo que quer. Não é real. Ninguém acorda feliz todos os dias. Ninguém segue a dieta todos os dias. Ninguém se ama todos os dias. Você se sente culpada porque não consegue viver nesse conto de fadas, talvez você até já tenha pensado em trabalhar nesse meio, como eu, e se sinta culpada por ver que a blogueira X consegue postar todo dia no youtube, 4 fotos por dia no insta, não sai do stories, divulga todos os novos posts no facebook e no twitter enquanto você olha pro seu instagram e se sente mal por não conseguir atualizar a rede social porque, afinal, você só está sentada na frente do pc de pijama, vai falar o que? E mesmo quando você consegue ter um dia produtivo ainda sente que não fez metade do que elas fizeram. O que você não lembra é que as grandes influenciadoras têm uma equipe. Não são elas mesmas que editam seus vídeos, respondem seus e-mails e programam seus posts.

Apenas 5% do que elas mostram na internet é real. Elas mostram o que querem mostrar.

Mas pra essa sensação de inferioridade que você sente quando consome esse tipo de conteúdo tem solução. Você não precisa mais consumir. Você já parou para pensar porque você segue aquela blogueira? Porque acha ela bonita? Porque a vida dela parece perfeita? Se a sua resposta for assim, fútil, talvez você não deva mais seguir ela. Não seria mais interessante acompanhar garotas reais? Não estou dizendo para você deixar de seguir todas as blogueiras que gosta, mas seja mais criteriosa com quais vai seguir e porque. Fulana tem um conteúdo legal, eu gosto das dicas de cabelo que ela dá porque o cabelo dela é parecido com o meu. Cliclana ensina maquiagens muito legais. Beltrana fala sobre autoestima e empoderamento. Mas e aquela menina que você segue só porque gosta de ficar “admirando” a sua vida perfeita, será que vale a pena consumir esse conteúdo?

Vi um “na foto x postando a foto” da @mbottan e precisava fazer um também. Na verdade, acho que todas as digital influencers tinham a obrigação de fazer mais posts assim. Existem muitas meninas e mulheres que seguem essas garotas, seguem a gente, e acham que vivemos num conto de fadas. Vocês viram nesse texto, e estou tentando cada vez mais mostrar por aqui e no instagram que eu sou uma pessoa real e que TODAS as influencers são pessoas reais e você não deve se comparar ao que ela mostra de “melhor” e esquecer que por trás de cada foto existe muito trabalho, muita programação, poses, edição, filtro, etc. Lembre-se que uma foto é só uma foto. Não é a realidade. É um centésimo de realidade. A verdade mesmo é o que a gente não vê.

  • dia Abril 18, 2018

    OBRIGADA por esse post tão maravilhoso! É assim mesmo, todo mundo já se sentiu mal vendo essas “vidas perfeitas” que não passam de vidas programadas e editadas milimetricamente!

    • Amanda Inácio
      dia Abril 27, 2018

      Exatamente, mana! Bjs!

  • dia Abril 18, 2018

    Tanto as youtubers, como instagramers, como bloggers…só mostram o bonito! Por um lado, isso vai deixar as pequenas “bloggers”, ou seguidores, tristes, pois pensam que é tudo lindo e maravilhoso! Mas não 🙂
    beijinho

    • Amanda Inácio
      dia Abril 27, 2018

      Pois é! E existe tanta coisa além disso… Bjs!

  • dia Abril 18, 2018

    Obrigado. Sabe mais do que eu buy cialis

  • dia Abril 19, 2018

    Olá Amanda
    Que post lindo, acho super necessário ser lido sabe, ainda mais por pessoas mais jovens que normalmente são mais influenciáveis e correm mais atrás da perfeição, e apesar de ainda ter um pouco de receio em relação a minha aparência eu sei todas somos lindas da nossa forma! Esse texto foi perfeito Amanda, um beijão para você e você é muito linda <3

    • Amanda Inácio
      dia Abril 27, 2018

      Que bom que gostou, mana! Isso aí, todas nós somos lindas do nosso jeito! Bjs

  • dia Abril 19, 2018

    Muitas meninas deveriam ler esse post! Só verdades!
    seu blog é lindo e você também♥
    beijos flor!

    • Amanda Inácio
      dia Abril 27, 2018

      Obrigada, mana! Você é uma fofa!

  • dia Abril 19, 2018

    Maravilhoso esse texto, tudo que você disse é muito real e verdadeiro.

    Beijos
    https://www.pimentadeacucar.com

    • Amanda Inácio
      dia Abril 27, 2018

      Que bom que gostou, mana! Bj

  • dia Abril 20, 2018

    Logo que a Luisa Accorsi postou sobre essa ferramenta, eu fui logo de curiosa pesquisar sobre os fakes da vida. Engraçado que a gente sempre tem um pé atrás com determinadas pessoas. Eu tinha com uma blogueirinha de Nova Lima forçaaaaada toda vida, metida a fitness, que quando coloquei no social blade, era só compra de seguidor. Da uma decepção tão grande que parei de segui-la. Hoje, abri de novo o socialblade, abri meu insta e coloquei a última pessoa que tinha postado foto. Coincidentemente, blogueira fitness de BH pras bandas do Vila da Serra e com números estranhos. Ahhhh.. o perfil dessas pessoas é muito fácil de se identificar. Cony, que essas pessoas não sigam de exemplo pra ninguém. Parabéns pelo seu trabalho !

    • Amanda Inácio
      dia Abril 27, 2018

      Complicado :/ A vida na internet está cada dia mais difícil.

  • dia Abril 20, 2018

    Que post foda! é exatamente isso.. é tanta pressão ultimamente… e a gente tem que ter a cabeça no lugar pra enxergar o todo., entender que aquilo ali no insta, face ou blog… é só um pedacinho de algo muito maior.
    beijos! <3

    • Amanda Inácio
      dia Abril 27, 2018

      Isso aí, mana! Bjs

  • Adorei o post, na verdade ninguem tem a vida perfeita e estou amando essa sua fase.

    beijoos
    http://giihflore.blogspot.com.br/

    • Amanda Inácio
      dia Abril 27, 2018

      Obrigada, mana! Que bom que está curtindo 🙂

  • dia Abril 21, 2018

    Que texto incrível. Eu também passei por um momento de anorexia. Acredito que a maioria das coisas boas que acontecem conosco não publicamos ou nem deveríamos necessariamente publica-las. Abraços
    li

    • Amanda Inácio
      dia Abril 27, 2018

      Que bom que gostou, mana! Bjs!

  • dia Abril 21, 2018

    Estou te abraçando nesse momento pq ainda não tinha achado ngm que via as coisas assim como eu vejo.
    Eu fico super desmotivada com as “blogueirinhas” que em um dia fazem diversas coisas e tem tempo de de e ficarem maravilhosas, enquanto eu só preciso ir na faculdade e já vou morrendo cheia das ‘carrancas’. Elas deviam mostrar o lado feio também, pois a gente se obriga a querer ser tão boa em tudo como elas, e nem sempre elas também são.
    Beijos

    • Amanda Inácio
      dia Abril 27, 2018

      Oi mana! Pois é, acho que a internet precisa de mais realidade e menos glamour, mas já que ainda não chegamos nesse nível precisamos lembrar que elas estão mostrando só uma parte da realidade e muito maquiada! Não podemos nos comparar com elas. Bj



  • Top